top of page

EM CANAÃ: jovens vão lançar filme neste sábado (25), em uma sessão especial de cinema para moradores

Curta-metragem é resultado da oficina de cinema promovida pelo projeto Cultura na Praça. O lançamento ocorrerá às 18 horas, na quadra da Escola Raimundo Oliveira

Os nove jovens de Canaã dos Carajás que participaram da oficina de cinema do projeto Cultura na Praça tinham pouca ou quase nenhuma experiência com audiovisual. Mas após quatro dias de oficina, eles já podem dizer que realizaram um filme. A produção será exibida para toda a comunidade na Mostra de Cinema do Cultura na Praça, projeto que leva oficinas gratuitas de cinema para o interior do Estado, com o patrocínio do Instituto Cultural Vale, via Lei Federal de Incentivo à Cultura. O lançamento do filme “A continuação de um sonho” será neste sábado, dia 25 de março, às 18 horas, na quadra esportiva da escola Raimundo Oliveira, e contará com a participação do grupo Flores do Carimbó.

E qual é a história? O filme se baseia em fatos reais e traz uma história construída a partir de uma experiência dolorosa vivida por Grazielle Silva, de 17 anos, uma das participantes da oficina. Além de ter inspirado os colegas da oficina, Grazielle é a protagonista do filme, que aborda a elaboração do luto e a fabulação de sonhos. “Durante as filmagens, para mim, algumas cenas foram mais difíceis de interpretar, porque parecia que eu estava vivendo aquilo novamente. Então, pôr pra fora o sentimento de perda e tristeza foi muito difícil. Mas, ao mesmo tempo, foi uma experiência ótima, na qual aprendi que posso tudo, ser quem eu quiser e escolher a profissão que eu quiser. Basta ter dedicação”, comenta Grazielle.



Para o coordenador do projeto, Cris Azzi, o filme é um convite a viver o presente. “Essa história deixa um rastro muito forte em quem assiste. É um convite para vivermos intensamente o presente e as nossas relações afetivas. Não deixar pra falar sobre amor depois”, afirma o cineasta.



Roteiro foi escolhido pelos próprios alunos


Na oficina de cinema do projeto Cultura na Praça, em Canaã dos Carajás, a equipe convidou os participantes a conhecer cada fase de uma produção audiovisual, desde a ideia às técnicas de roteiro, passando pela fotografia e captação de imagem e som.



Com isso, os alunos tiveram autonomia para decidir sobre a história que queriam contar. E foi justamente a partir das trocas e conversas em grupo que eles escolheram um roteiro inspirado na experiência de Grazielle.



“Esse processo de criação foi muito orgânico, onde os alunos começaram a oficina fazendo um exercício individual com a câmera, buscando contar micro-histórias a partir das imagens e, depois, foram convidados a pensar coletivamente sobre um tema para a criação do filme, que é o grande momento da oficina. Foi um processo construído a partir de vivências, de dinâmicas e, principalmente, de um espaço em que as pessoas puderam falar das suas emoções, desde as emoções que estão represadas até questões que estão ligadas a sonhos e desejos de futuro”, conta Cris Azzi.



Para Maria Eduarda Sousa, outra moradora de Canaã dos Carajás aluna da oficina, o projeto valeu a pena. “Eu fiquei sabendo da oficina por amigos e queria saber como é a experiência de gravar um filme. Nunca tinha participado de nada relacionado ao cinema até então. Gostei bastante de gravar e me identifiquei com essa função. Achei o roteiro incrível e a história emocionante”, descreve a adolescente de 13 anos.



Além de ter sido roteirizado, interpretado e gravado pelos alunos, a música final do filme também ficou por conta dos participantes. A canção “Sem você” foi composta por Israel Oliveira, jovem que participou da oficina junto com a irmã, Bianca Oliveira.





573 visualizações0 comentário

Комментарии


bottom of page