top of page

Agricultores participam no fornecimento da alimentação escolar pela primeira vez em Canaã.

Pela primeira vez a chamada pública contemplou produtores individuais, e houve também a participação de duas cooperativas da região, a COOPER e a COOAFAC.

Canaã dos Carajás vive mais um momento histórico para a produção rural. Cerca de quinze agricultores familiares do município foram credenciados para participarem da chamada pública municipal N°003/2023/CPL, que visa promover o acesso à alimentação em escolas do centro urbano e da zona rural, além de incentivar a agricultura familiar.

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER/PA) atuou dentro deste processo selecionando, prestando assistência e orientação aos produtores familiares na organização das documentações necessárias, realização do Cadastro Nacional da Agricultura Familiar (CAF) e na elaboração do projeto de fornecimento de alimentos, especificando as quantidades e produtos a serem fornecidos com base na produção e capacidade produtiva dos agricultores.


Os produtores credenciados fornecerão alimentos como abobrinha (6.568 kg), alface (15.068 maços), almeirão (200 maços), banana (6.926 kg), batata-doce (500 kg), cebolinha (2.575 maços), coentro (1.600 maços), couve (3.836 maços), goiaba (944 kg), maxixe (1.200 kg), limão (1.000 kg), macaxeira (5.220 kg), mamão (3.900), melancia (3.357 kg), milho-verde (6.867 kg), pimenta-de-cheiro (1.050 kg), pitaya (4.149 kg) e quiabo (500 kg). Os produtos serão destinados à alimentação em escolas do centro urbano e da zona rural de Canaã.

A EMATER/PA, juntamente a Secretaria de Educação (SEMED), realizou uma reunião para o alinhamento de entregas e disponibilidade dos produtos. As equipes continuam prestando ajuda aos agricultores que apresentaram dificuldade de escoar a produção. Esta ação, além de fortalecer a agricultura familiar dentro do município de Canaã dos Carajás, também contribui para a segurança alimentar das crianças dentro das escolas.



367 visualizações0 comentário
bottom of page